up load

link bom de faro

zurra

sábado, 6 de novembro de 2010

Preservação do meio ambiente
 

Introdução:
             A  preservação do ambiente em que vivemos, traz atitudes fáceis e práticas que você mesmo pode tomar para tornar o mundo um lugar mais agradável e seguro de se viver.                   Nele também abordamos o trabalho que algumas entidades vêm realizando em prol da conservação das condições de vida saudável no nosso planeta. 
 

 O que VOCÊ pode fazer para preservar o meio ambiente:
                A  decisão de  proteger  os  ambientes  naturais  e  controlar  a poluição não está  apenas nas mãos dos políticos e grandes industriais. Está sobretudo  na  rotina  diária de cada cidadão  comum do planeta. Abaixo, as atitudes  que  você  pode tomar,  seguindo o  lema:  "Pense globalmente, aja localmente".
                   Reduza desperdícios de toda ordem. Quando mais recursos são desperdiçados, tanto a mais é preciso tirar do meio ambiente.
                   Evite o consumo desnecessário de energia. Não há produção de energia  sem   impacto  ambiental.  Compre  eletrodomésticos  e   lâmpadas eficientes, mantenha seus aparelhos sem vazamentos, não deixe luzes acesas. Opte por residências com boa iluminação natural, use aquecimento solar.
                   Reduza o uso de veículos, sobretudo em dias de inversão térmica. Pelo menos uma vez por semana, deixe seu carro em casa.
                   Recicle seu lixo. Separe papéis, garrafas, vidros, plásticos e latas. entregue a sucateiros. A reciclagem diminui a demanda por matérias-primas virgens e reduz o consumo de energia.
                   Evite os descartáveis. Embalagens de espuma, frascos one-way, latas de cerveja e plástico são materiais difíceis de degradar no ambiente. Também provocam poluição atmosférica, quando queimados.
                   Reduza o consumo de água. A água encanada demanda energia e tratamento para chegar até sua casa. Evite vazamentos e desperdícios.
                   Boicote produtos que causam impacto ambiental, como spray com CFC.
                   Boicote alimentos e mercadorias que implicam na morte de animais selvagens ou dano à flora: palmito silvestres, xaxins, orquídeas, atum, tartaruga (carne, ovos e subprodutos do casco), colares de coral, casacos de pele, bolsas e cintos de jacaré, peças de marfim.
                   Não compre animais silvestres para criar em casa. Não estimule o comércio ilegal da fauna. Micos, macacos, onças, tucanos, araras, papagaios, tartarugas, peixes ornamentais fazem falta na natureza. Tenha mascotes nascidos e criados em cativeiro.
                   Não jogue lixo na natureza ou nas ruas das cidades. Não deixe um rastro de sujeira por onde passa.
                   Use corretamente produtos químicos, pesticidas, substâncias tóxicas. Verifique a destinação adequada dos restos. Não contamine o lixo e o esgoto de sua cidade.
                   Proteja parques, áreas verdes, praias, rios e mares. Não compre lotes irregulares no litoral. Não construa sobre o mangue. 
 

 Outra maneira de preservar o meio ambiente é reduzindo, reutilizando e reciclando o lixo.
 

LIXO: REDUZIR, REUTILIZAR e RECICLAR
                Você sabia que grande parte do nosso lixo pode ser reaproveitado, reduzido ou reciclado? Comece por observar o que você joga fora todos os dias. Veja a seguir como diminuir este lixo. 
Reduzindo o lixo
Evite levar para casa embalagens plásticas e de papel que não serão novamente utilizados;
Evite comprar alimentos com embalagens desnecessárias;
Prefira, sempre que for possível, produtos com vasilhame reaproveitável;
Escreva nos dois lados do papel e use, sempre que puder, produtos feitos com papel reciclado;
 Não jogue lixo no chão;
 Evite desperdício. 
 

Reaproveitando o lixo
Jornais e papéis velhos podem ser vendidos ou doados aos catadores de papel que percorrem as ruas da sua cidade;
Compre sempre que possível bebidas com embalagens de vidros retornáveis e quando puder leve os vidros usados a um coletor de garrafas;
Procure reaproveitar melhor os legumes e frutas usando novas receitas, diminuindo assim as sobras que vão para o lixo;
Roupas, brinquedos, livros e jogos que você não usa mais podem ser reaproveitados por outros, portanto, não os jogue fora, doe a instituições e bazares de caridade;
Latas e peças de metais sem utilização devem ser vendidas para os catadores ou ferro velho existentes na cidade. 
 

Reciclando o lixo
A indústria da reciclagem cuida de transformar componentes do lixo como o vidro, papel, metal e plástico em matéria-prima, para novos produtos. 
                   "Reciclando, preservamos a qualidade da nossa vida e evitamos a formação de lixões; sendo que ao reaproveitarmos o lixo estamos contribuindo para a utilização mais adequada dos recursos naturais." 
 

O que devemos fazer para tornar a reciclagem viável para todos?
Reduzir a quantidade do lixo produzido;Proceder ao acondicionamento seletivo do lixo.
O acondicionamento seletivo do lixo consiste na separação de materiais que podem ser reutilizados ou reciclados. 
 

Por que é importante reciclar?
Diminui a exploração de recursos naturais e o consumo de energia;Melhora a limpeza da cidade e a qualidade de vida da população;Contribui para diminuir a poluição do solo, da água e do ar;Prolonga a vida útil de aterros sanitários e melhora a produção de composto orgânico;Gera emprego para a população não qualificada;Gera receita pela comercialização dos recicláveis;Contribui para formar uma consciência ecológica e para valorização da limpeza urbana. 
 

Reciclagem de Papel
Separe:
Jornais, revistas, embalagens, caixas, formulários, cadernos, etc.A cada 50 quilos de papel reciclado estamos evitando que uma árvore seja cortada. O papel pode ser reciclado várias vezes, dependendo do tamanho de suas fibras. 
Reciclagem de Vidro
Separe:
Vasilhame nas cores: âmbar, verde ou transparente (garrafas, copos, cacos de vidro).Um quilo de vidro usado transforma-se em um quilo de vidro novo. Não há perda de matéria-prima, praticamente não produz resíduo e economiza 30% de energia elétrica. 
Reciclagem de Metal
Separe:
Latas, fios, pregos, grampos, arames, panelas, alumínios, talheres, cobre, etc.Cada tonelada de alumínio reciclado economiza a retirada de cinco toneladas de minério bauxita e 95% de energia elétrica. 
Reciclagem de Plástico
Separe:
Plástico filme (mole), plástico duro.A reciclagem do plástico economiza produtos derivados de petróleo. Os plásticos serão transformados, em sua maioria, em produtos como engradados, tubulações para esgoto, sacos de plástico, sacolas, baldes, etc. 
Matéria Orgânica
Separe:
Restos de comida, folhagens, produtos de poda, bagaço, palhas, cascas de frutas, ovos e verduras.Esses materiais podem ser levados às usinas de compostagem, onde serão transformados em adubo orgânico. 
 

Compostagem do lixo
                   A compostagem do lixo é a produção do adubo orgânico a partir do lixão não reciclável e, sempre que possível, deverá estar associada a um processo de recuperação dos subprodutos recicláveis do lixo.                 A reciclagem de materiais encontrados no lixo é de grande importância sobre o aspecto ambiental, sanitário, social, econômico, pedagógico e político.                 A coleta seletiva, o reaproveitamento, a redução e a reciclagem do lixo são soluções mais adequadas para se resolver o grave problema do lixo no planeta. A participação de cada um e da comunidade é a base para solução do problema. Separar o lixo não é uma tarefa difícil, requer apenas mudança de hábito e um pouco de boa vontade. 
                  Alguns materiais não são recicláveis, como lâmpadas, cristais, louças, celofane, porcelana, pneus,  espumas, isopor, papel laminado, papel carbono, fralda descartável e absorvente higiênico, filtro de ar  de veículos, papel higiênico, retalho de tecido e carpete.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É importante para nós sua participação. Conheça também a http://tenhasuagrife.blogspot.com/

dollar- ganhe todo dia clicando

NOSSO ESPAÇO ONLINE